Ilha de Moçambique

Tem um caráter exótico de centenas de anos e uma miscelânia de culturas. Localizada na Província de Nampula, esta ilha tem um conjunto de ruas estreitas que ao passear-se ao seu redor, fica-se totalmente envolvido pela atmosfera. A maioria dos locais históricos são em pedra e cal, localizam-se na parte norte da ilha onde a vida parece ter mudado pouco nos últimos anos.

Os amantes da história e cultura podem visitar o Palácio de São Paulo (anteriormente conhecido como Palácio dos Capitães-Generais),um edifício vermelho na cidade de pedra, com arquitetura Européia, que preserva cadeiras do estilo árabe, tapetes, porcelana chinesa, candeeiros de lustres que adornam o edifício e muitos outros pontos igualmente nteressantes.

Esta Ilha, declarada património da mundial da humanidade, em 1991 pela Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), tem sido um ponto de convergência de turistas de vários pontos do mundo, atraídos pela sua diversidade cultural, espectacularidade das suas praias e, sobretudo, pela raridade do traço arquitectónico dos seus edifícios, alguns dos quais com mais de 500 anos de existência. Foi a capital de Moçambique por quase quatro séculos, sob o domínio português, antes que esta fosse movida para Lourenço Marques (a actual Maputo).

Boletim Informativo

Assine a newsletter do Visitmozambique e receba as principais notícias sobre Turismo por e-mail.