Noticias

 Fastjet no Mercado Nacional

Fastjet, uma empresa com sede em Londres que, em parceria com a Solenta Aviation (a subsidiária moçambicana de uma empresa sul-africana), agora opera rotas domésticas moçambicanas em direta competição com LAM. A Fastjet está começando sua operação com 20 vôos de retorno por semana de Maputo para Beira, Tete e Nampula.

Na sua intervenção, o Ministro dos Transportes e Comunicações, Mesquita, disse "agora têm outra opção para suas viagens, seja para negócios ou por prazer. Esperamos ver um aumento na oferta, regularidade e qualidade dos serviços oferecidos ".

Esse choque de competição, disse Mesquita, "deve ser entendido de forma positiva, para melhor servir os clientes". "Se eles ainda não o fizeram, os gerentes da LAM terão de repensar muito a sério e rapidamente a reestruturação da empresa e redefinir seus modelos operacionais, comerciais e de marketing", acrescentou.

A Fastjet está começando sua operação com 20 vôos de retorno por semana de Maputo para Beira, Tete e Nampula. Os usuários de serviços de transporte aéreo, disse Mesquita, "agora têm outra opção para suas viagens, seja para negócios ou por prazer. Esperamos ver um aumento na oferta, regularidade e qualidade dos serviços oferecidos ".

"Com mais diversificação, flexibilidade e maior frequência de voo, queremos que Moçambique se torne mais competitivo na cadeia de logística do transporte", acrescentou o ministro. "Moçambique deve ser um país que é preferido como um destino seguro para negócios e lazer".

"O Governo deposita grande esperança no transporte aéreo, como um catalisador e uma indústria estratégica para avaliar os vastos recursos espalhados pelo território nacional e para garantir o desenvolvimento acelerado de nossa economia", disse Mesquita.

Boletim Informativo

Assine a newsletter do Visitmozambique e receba as principais notícias sobre Turismo por e-mail.