Noticias

Parque das Quirimbas passa a reserva mundial de biosfera

O Parque Nacional das Quirimbas, integrado no arquipélago do mesmo nome, na província de Cabo Delgado, acaba de ser aprovado para pertencer ao Património Mundial da UNESCO como reserva de biosfera.

Trata-se de um dos únicos parques ao nível nacional com complexidade própria, que reúne simultaneamente os ecossistemas terrestre e marítimo, o qual vai passar a pertencer à “família” deste organismo das Nações Unidas.

Segundo o administrador Albino Nhusse, a candidatura desta área de conservação foi aprovada em Abril, sendo que a sua formalização terá lugar este mês de Julho. Este é o primeiro lugar em Moçambique a ser transformado em reserva de biosfera.

Acredita-se que a declaração das Quirimbas como reserva da biosfera pode constituir-se num grande atractivo para investimentos no sector de turismo.

“Será a primeira reserva de biosfera em Moçambique. Os países vizinhos possuem quatro ou cinco reservas do género”, afirmou o administrador Nhusse.

O parque compreende 9130 quilómetros quadrados, sendo mais de sete mil em terra, os restantes no mar. Dele fazem parte 11 das 28 ilhas que compõem o Arquipélago das Quirimbas, abrangendo sete distritos de Cabo Delgado Ibo, Quissanga, Macomia, Meluco, Ancuabe, Metuge e pequena parte de Montepuez.

Esta área de conservação foi criada a 6 de Junho de 2002, oferecendo uma gama variada de atracções turísticas, com destaque, na zona terrestre, para uma raridade florestal. Na parte marinha, para além do vasto mangal, destacam-se corais, peixes, santuários de tartarugas e de golfinhos.

 

Fonte: Jornal Domingos

 

Boletim Informativo

Assine a newsletter do Visitmozambique e receba as principais notícias sobre Turismo por e-mail.