Noticias

 Reserva Especial de Maputo (REM)  em Chamas


A Reserva Especial de Maputo encontrava-se em chamas no dia 13 de Agosto. "O País" entrou em contacto telefónico com o director da Reserva, Miguel Gonçalves, para perceber o que teria causado o incêndio. Este informou que ainda não se sabia, mas suspeitava-se que alguém tivesse deitado uma beata de cigarro aceso ou que um grupo devidamente autorizado para cortar eucaliptos tivesse feito fogo para cozinhar, não tendo apagado devidamente.

"A Reserva de Maputo está a arder e até ao momento são desconhecidas as causas do incêndio", começou por dizer o director da Reserva, para mais adiante afirmar: "O fogo não coloca em causa a vida dos animais de grande porte, muitos menos as infra-estruturas. Agora, os animais pequenos podem ser atingidos pelo fogo". Questionado se a Reserva de Maputo teria capacidade para debelar o fogo, o director respondeu que não havia capacidades para se combater o fogo daquelas proporções.

Até a altura em que falávamos telefonicamente com o director, por volta das 19 horas desta segunda-feira, não sabia qual seria o desfecho do problema. A Reserva Especial de Maputo é uma área de conservação localizada no extremo sul de Moçambique, no distrito de Matutuíne. A mesma foi criada em 1932.

A Reserva é, sobretudo, notável pela grande variedade e riqueza de habitats, praias virgens, mangais, prados, florestas costeiras sobre dunas e várias lagoas. Tem cerca de 350 espécies de aves.

Fonte: http://opais.sapo.mz/reserva-especial-de-maputo-em-chamas 

Boletim Informativo

Assine a newsletter do Visitmozambique e receba as principais notícias sobre Turismo por e-mail.