Gastronomia

O país é conhecido por confeccionar alguns dos melhores pratos de África, representativos de uma verdadeira fusão das influências Portuguesa, Árabe e Africana. É igualmente famoso pelos seus mariscos, entre eles, camarões, lagostas, caranguejos e lulas, bastante apreciados pelos visitantes. Os pratos locais ao longo da costa apresentam um charme que os torna únicos e ainda mais apetitosos em comparação com a comida dos Países vizinhos, quando usados ingredientes como o coco e  o  piri-piri.

A upshwa ou xima é um dos acompanhamentos favoritos e é feito de farinha de milho ou de mandioca e servido com peixe, carne ou legumes. Uma das especialidades mais famosas de Moçambique é a mathapa, um prato feito de folha de mandioca cozida em molho de amendoim e normalmente preparado com caranguejo ou camarão. A maioria dos restaurantes ao longo da costa, cozinham mariscos a preços acessíveis, com destaque para a lagosta, lagostim, camarões grelhados e as lulas que podem ser recheadas, grelhadas ou fritas. No interior, próximo ao Lago Malawi, o peixe mais popular é o chambo, que é uma espécie da família tilápia.

A culinária da Zambézia é um legado da influência árabe, onde o famoso frango à zambeziana é grelhado com óleo de palma, temperado com  limão, alho, piri-piri e cozido com leite de coco – uma experiência ímpar. Culturas como mandioca, castanha de cajú e pães foram trazidos pelos Portugueses que também introduziram cebola,alho, coentro, pimentas, vinho, entre outros.

Boletim Informativo

Assine a newsletter do Visitmozambique e receba as principais notícias sobre Turismo por e-mail.